Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Novidades na UFSCar: Colóquio sobre Deficiência Visual!!!!

Por: Débora Rossini

Oooooopaaa!!! A nossa leitora Érika é mestranda em Educação Especial na UFSCar (Universidade Federal de São Carlos/SP)! Recebemos dela, por e-mail, o convite para um evento, promovido pelo grupo de pesquisa do qual ela participa - e que ela pediu para divulgar! Com todo o prazer, Érika! Lá vai a divulgação!

Segue-se o folder do evento, na ilustração abaixo:


"- MAS PERAÍ!!!!! LEITORES DE TELA NÃO LEEM O CONTEÚDO DE IMAGENS- como a do folder acima!!!!" - você, que é usuário de sintetizador de voz, deve estar pensando diante do seu computador...!

Calma, amigo!!! O "Sopa" não esqueceu de você! (E seria uma contradição enooooorme, de nossa parte, divulgar um evento sobre deficiência visual e deixar o convite inacessível para a galera que não enxerga, não é? PÓÓÓÓÓIIIIMMMM!!!!) Então, segue-se a transcrição do texto do folder, para você ouvir direto do seu computador, certinho? "Voilà"!!!!!


"Primeiro Colóquio Sobre o Trabalho Pedagógico na Educação Especial: Desafios na Escolarização de Alunos Deficientes Visuais".

Data e local: Será no dia 11 de outubro de 2011, no auditório do CECH (AT2), UFSCar.

Texto introdutório do folder: " O direito à Educação é garantido na Constituição Federal; entretanto,ainda existem muitos desafios a serem enfrentados para que esse direito se torne uma realidade. Defender uma escola em que todos os alunos aprendam deve considerar as necessidades específicas dos alunos com deficiência, pois muitos deles requerem recursos educacionais específicos no contexto escolar. Os conteúdos presentes nos currículos da educação básica e do ensino superior possuem características particulares que necessitam ser analisadas ao se falar no ensino de alunos com deficiência visual. O Colóquio vem em decorrência de trabalhos desenvolvidos no grupo de pesquisa "Laboratório de Estudos e Pesquisas em Direito à Educação - Educação Especial- LEPEDE'Es" e tem por objetivo fomentar o debate sobre a formação de professores e o ensino das diversas disciplinas , considerando também os alunos com deficiência visual presentes no espaço escolar. Essa discussão será realizada a partir de mesas redondas envolvendo docentes que trabalham com atendimento educacional especializado em escolas públicas e pesquisadores que focam seus estudos nessa área.

Objetivos:
-Conhecer o trabalho pedagógico realizado com alunos que apresentam deficiência visual;
-Conhecer e socializar a produção de conhecimento nessa área.

Público-alvo: Professores de ensino fundamental, médio e superior; pesquisadores, discentes de graduação e pós-graduação; alunos com deficiência visual do ensino médio e superior.

Programação:
- 08:30 às 09:30- Credenciamento;

- 09:30 às 10:00 - Abertura;

- 10:00 Às 12: 00- Mesa Redonda 1- "´Passado, presente e futuro: os desafios do ensino de alunos com deficiência visual no Ensino Médio". Composição da mesa: Profª Hitomi Yamamoto- Atendimento Educacional Especializado; Profª Maria Paula Moita Pegoraro - Atendimento Educacional Especializado; Profª Tania Regina Resende- Representante do Centro de Apoio Pedagógico Especializado (CAPE).

-12:00 às 13:30- Almoço

-13:30- 15:00 - Mesa Redonda 2- Relatos de Experiência Escolar: A transição do Ensino Fundamental para o Ensino Médio e os desafios dessa etapa escolar.

-15:00- 17:00 - Mesa Redonda 3: O trabalho pedagógico com alunos com deficiência visual na Educação Básica: Discussões e Propostas. Apresentações de trabalho.

-17:00- Encerramento - Exibição do filme

As inscrições serão gratuitas e deverão ser feitas pelo e-mail: 1cepddv@gmail.com

Promoção do evento: Laboratório de Estudos e Pesquisas em Direito à Educação- Educação Especial - UFSCar

E então? Tem uma vaga aí na agenda????? Em caso positivo, o que está esperando???? Corra e faça já a sua inscrição!!!!

Marcela: GAROTA DE "FIBRA"!!!!!!!!!!!!!

Por: Débora Rossini

Navegando na internet, lendo a pagina de notícias do site Yahoo, acabei me deparando com esta reportagem:

"Marcela Marzocchi, dona de uma verdadeira história de superação". (Para ler a reportagem e ver o vídeo, clique aqui).

Trata-se da história da jovem Marcela, que, aos 19 anos, era uma garota comum, que trabalhava, estudava, namorava , como muitas outras. Até que em um dia de 2008 , ao voltar de uma festa, sofreu um grave acidente automobilístico... e a sua família tinha sido desenganada pelos médicos. Segundo os médicos, se a jovem sobrevivesse, teria vida vegetativa...

No entanto, Marcela e sua família foram "à luta", em um intensivo programa de reabilitação... e a garota, hoje com 22 anos, está experimentando diversas melhoras, pouco a pouco. Ela ainda necessita de cadeira de rodas e possui mais algumas outras limitações, além da motora... mas, com a ajuda de fisioterapia, já está até dando os primeiros passos! :-) Além disso, ela atualiza frequentemente o seu blog, denominado "Por que não dancei", cujo tema é o acidente, as sequelas e a batalha diária para voltar, um dia, a ter uma vida normal.

Em sua entrevista ao site do Yahoo, Marcela declara que "isto tudo o que aconteceu fez dela uma pessoa mais madura, mais batalhadora, com maior capacidade de superação de adversidades". De fato, isto ocorre com grande parte das pessoas que tinham, digamos, uma vida "normal" e, de repente... passa a ser uma pessoa com necessidades especiais. E quem já passou por história análoga, entenderá perfeitamente tal afirmação... e, sem dúvida, identificar-se-á bastante com a história da ex-estudante de psicologia que, agora, apresenta melhoras progressivas em seu quadro clínico e tem até planos para o futuro!!!! :-D

Marcela Marzocchi, você é uma garota de fibra!!!! Força, garota!!!!! Parabéns a você e sua família, que, com muita persistência e fé em Deus, estão conseguindo superar, a cada dia, os obstáculos!!!! Forças positivas para todos vocês... e que esse exemplo de perseverança seja um modelo para outras pessoas!!!!!!! :-D

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A história de Sílvia

Por: Débora Rossini

Oooooopa!!!! Mesmo com a escassez de acesso a internet, relatada no post anterior, a gente sempre dá um jeitinho de dar plantão aqui no Sopa - bem como dar uma navegada geral pela web, a fim de nos atualizar sobre o que está rolando aí em termos de Inclusão, Acessibilidade e assuntos similares!

Pois bem. Lendo o site de noticias da Globo, G1, deparei-me com uma reportagem bem legal (já tem um tempinho que foi publicada: 03/06/2011; mas tá valendo, oras!!!!) que fala sobre a professora gaúcha Sílvia Witkoski, que perdeu a audição completamente após a gravidez de sua segunda filha - e como ela fez para readaptar-se à vida, como prosseguir os estudos, como reinserir-se na sociedade... e, principalmente, como demonstrar a todo o mundo que as pessoas surdas também têm seus talentos e potenciais!

A reportagem se chama "Surdos são tratados como incapazes de aprender, diz professora-doutora", e pode ser acessada clicando aqui.
Na reportagem, vem também uma mini-entrevista com ela. "Show de bola"!!!

E você, aí, que está lendo o "Sopa" ? Identificou-se com a história ou com alguns aspectos dela? Comente abaixo, à vontade!!! :-)

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Não sumimos não!

Por: Débora Rossini

Oooooopa!!!! Aposto que os leitores do "Sopa" estão impacientes na cadeira, diante do computador, ávidos por novidades que, de umas 2 semanas para cá, estão custando a aparecer... rerrerré!!!

Pedimos desculpas aos leitores pela longa ausência diante do computador (para os internautas, cerca de 2 semanas é muuuiiitoooo, né? ...). Isto porque, devido à greve dos técnicos-administrativos das instituições federais de ensino, diversos serviços nas universidades federais estão temporariamente interrompidos ou funcionando em escala de horário reduzida... :-( E na nossa universidade não está diferente: os laboratórios de informática destinados aos estudantes estão funcionando diariamente com redução de horário!

Assim sendo, o tempo que nós estudantes estamos tendo, de acesso a internet na universidade, é o suficiente para fazermos trabalhos acadêmicos obrigatórios. Logo, está difícil , por enquanto, ter acesso a internet para fazermos postagens aqui no "Sopa"...! E como nem todo estudante tem acesso a internet em casa (como é o caso da "Sopeira" que vos escreve), as postagens acabam ficando espaçadas... :-(

Mas não fique triste não!!! Já-já, a gente dá um jeito aqui de colocar novidades aqui no blog!