Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

domingo, 12 de junho de 2016

EXISTEM OUTRAS MARCAS DE ÓCULOS PARA CORRIGIR SÍNDROME DE IRLEN?

Por: Débora Rossini 

Oooooopa!!! O post de hoje vem tirar uma dúvida que, vira e mexe, vem na cabeça de quem possui o distúrbio de visão denominado Síndrome de Irlen - ou então de seus familiares (sobretudo pais) que, frequentemente, ajudam a custear financeiramente o tratamento para correção desse problema oftalmológico. A dúvida, como se pode perceber, é exatamente a pergunta que intitula este texto. 


Mas por quê?


Explico: é que os óculos com lentes filtrantes Irlen são caros, e de difícil aquisição. Isto porque no Brasil não há laboratório especializado na fabricação deles. Sendo assim, o Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães (referência em oferecer tratamento para a Síndrome de Irlen) necessita enviar os óculos dos pacientes para um laboratório especializado nos Estados Unidos, a fim de colocar os filtros coloridos nas lentes... o que aumenta não só o custo financeiro dos óculos, mas também o tempo de espera... entre o dia da encomenda e o dia da chegada dos óculos às mãos do paciente, pode levar entre 1 mês e meio, a 2 meses!!!! 


Então, vira-e-mexe nas redes sociais, em fanpages sobre o assunto (como a minha fanpage "Driblando e Vencendo a Síndrome de Irlen", por exemplo), e também
 em grupos de debate sobre Síndrome de Irlen (como este que eu criei no facebook), ''CHOVEM'' perguntas e comentários de internautas, como estes: 

"-Tem outras marcas de lentes filtrantes para óculos, que corrijam Síndrome de Irlen?" 


''-As lentes Irlen tem alto custo, e eu vi na minha cidade/estado que tem uma outra marca de lentes filtrantes, com várias opções de cores para o usuário. Eu testei a marca ''X'' e deu certo para mim".


"- Vi na internet sobre a marca ''Y", então eu fui a um oftalmologista na minha cidade/estado, tive a prescrição, e as lentes dão um alívio"


Etc, etc, etc...

Um internauta, seguidor da minha fanpage e participante de um grupo de discussões no facebook, foi fazer sua consulta de retorno oftalmológico para ver se seus filtros de Irlen estavam ok. Ele aproveitou e fez uma série de perguntas à oftalmologista, que é especialista no assunto, e trouxe este relato sensacional!
 
No caso, as perguntas eram referentes às diferentes marcas de lentes filtrantes que existem no mercado - e se essas outras marcas poderiam equivaler aos filtros Irlen em termos de eficiência, mas a um custo financeiro menor.


Pedi a autorização dele para publicação, e ele respondeu: "-Fique à vontade! 'Tamo' juntos nessa empreitada da S.I. no Brasil!" 


Então... vamos à transcrição do relato do leitor! :-) Já publiquei ele em minha fanpage, e re-publico ele aqui: 


' Olá pessoal, tudo bem? Cheguei em casa depois da viagem a BH para fazer o retorno anual de S.I [Síndrome de Irlen].
Como prometido, levei nossas dúvidas [de um grupo de discussão de internautas no Face] a Dra. Márcia Guimarães- que respondeu com muita boa vontade, e tentarei repassar com máximo de detalhes o que ela me explicou.
1- Visão subnormal é diferente de Síndrome de irlen. Então os filtros feitos pra diferentes tipos de problemas de visão subnormal não são feitos pra portadores de S.i. Há casos q alguns foram experimentar essas lentes medicinais devido ao menor custo mas acabaram passando mal. Para relembrar, são filtros diferentes, de materiais diferentes para finalidades diferentes.
2-A Dr Márcia entrou em contato com a [fabricante] Segment sobre a fabricação dos filtros para tentar obter dados técnicos para compara-los aos feitos pelo Instituto Irlen, porém a Dr Marcia não conseguiu contato para obter tais especificações.
3-A respeito das lentes Zeiss, não são pra Irlen e eu mesmo fiz o teste com esses filtros que são para atender outros problemas e no meu caso percebi que para meu problema de irlen não ajudaria em nada. A Dr Márcia conhece a fábrica da Zeiss na Alemanha e conhece muito bem os produtos que essa empresa fabrica.
4-a Dr. Márcia tem feito esforços para fazer um laboratório de filtros Irlen para o Brasil, pois podem ter certeza ela é a primeira em pensar facilitar a aquisição dos filtros e a Dr. faz questão que a equipe saiba de como lidar com nós portadores de S.I. e também com nossas dificuldades .
5-Na foto [no fim deste texto] , baseado no meu caso, a overlay é da cor pêssego que me ajuda bastante - o que não quer dizer que os filtros serão da mesma tonalidade. Fizemos um teste, e os filtros da cor pêssego não me ajudariam nada na irlen, e sim os filtros cinza escuro, que deram mais conforto e tolerância a luminosidade. Temos que ter muito cuidado pois estamos lidando com um órgão tão importante quanto qualquer outro. Uma equipe preparada para detectar e tratar S.I. é de suma importância para melhora do paciente. 
Espero ter ajudado, e torçamos para os filtros serem um dia fabricados aqui. Parabéns a toda equipe do Holhos, todos de Parabéns!! Valeu, gente, forte abraço a todos!"


[Descrição da foto para os internautas com deficiência visual: aparecem, sobre uma mesa, um par de lentes filtrantes de teste da Síndrome de Irlen, da cor pêssego, e uma overlay da mesma cor ao lado delas. Aparece também um par de lentes de teste de Síndrome de Irlen, na cor cinza-escura. Fonte: arquivo enviado pelo leitor.]

Então, galerinha com SI... viram só a diferença principal entre os diversos tipos de lentes filtrantes?? 

Fiz, anteriormente, uma outra postagem com as "Perguntas Mais Frequentes" dos internautas sobre Síndrome de Irlen. Para lê-la, clique aqui neste link. Boa leitura! 

GOSTOU DO TEXTO? COMENTE ABAIXO!!! 

10 comentários:

  1. Oi... Vou contar um pouco sobre a minha história. Sou homem tenho 23 anos, em 2012 fui em um screener e descobri que sou portado da Síndrome de Irlen (em um grau severo), fui encaminhado para o Hospital de Olhos em BH. Lá fiz todo os exames e a escolha da cor dos filtros. No meu caso foram 3 cores juntas que davam um tom azul escuro. O óculos levou 2 meses para chegar. Paguei em media R$ 2500,00 (na época no dolar não tava tão caro). Então passei usar o óculos o dia interio, só que tinha medo de deixar cair, de expor ao sol e de perde... Uma dia eu fui em uma Otica perto de casa e perguntei se teria jeito de imitar a cor do meu óculos em outra armação, eu expliquei sobre a S.I. e o objetivo do filtro. A moça da Otica, bem otimista, disse que consegue fazer então eu deixei meu filtro la e fui no dia seguinte ver como ficou. E eu fiquei chocado com o resultado. A moça fez o óculos da mesma cor com os filtros de proteção solar: UVA E UVC. Quando eu coloquei óculos eu fiquei impressionado com o resultado, foi melhor que o próprio óculos feito nos EUA. Eu nem acreditei que fosse possível porque só custou R$150,00 e levou menos de 24h para ficar pronto. Eu ja estou a 2 anos usando este oculos feito na rua da minha casa kkkkkkk E o óculos da SI feito nos EUA larguei no meu guarda-roupa, nunca mais usei, hoje em dia ele ate perdeu a cor. Já o que eu fiz na Otica da minha rua continua firme, sem perder a cor e olha que eu vou pro sol com ele e ate pra piscina, ele é muito resistente, barato, rápido e eu posso mandar fazer em qualquer armação com ou sem grau...XD

    Eu acho que seria legal se alguem que possue os filtros pedir em para alguma Otica imitar a cor, vai que funciona como foi comigo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Acredito que, como cada organismo funciona de um jeito (e como cada paciente de Síndrome de Irlen tem suas especificidades beeem individualizadas, em termos de correção), ocorreu que você, felizmente, tenha conseguido se adaptar às lentes fabricadas na óptica em sua própria cidade! =D Que bom!

    Já li relatos de internautas que, assim como você, pediram que copiassem a coloração das lentes em alguma óptica e que deram certo... MAAAS também li vários relatos de outros que tentaram e que não deu certo (acabaram se sentindo mal com as cópias das lentes.) :-/ Ou seja, tentar outras marcas de lentes filtrantes (para pacientes de Síndrome de Irlen) é um processo de tentativa-e-erro que pode coincidir de dar certo, mas tem grandes chances de não funcionar, fazendo o paciente "jogar dinheiro fora".

    Por isto que, até o momento, as lentes originais de Irlen acabam sendo, na atualidade, a solução mais segura, com chances maiores de dar certo.

    Vamos torcer para que seja trazida a produção de lentes Irlen para o Brasil, de forma que diminua muuuuito os custos e o tempo de espera, não é? ;-)

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Debora, Parabéns pelo seu cuidado em divulgar informações seguras para os interessados em saber mais sobre a Sindrome de Irlen e outros deficits que afetam o processamento visual bem como conduzir discussões de maneira sensata e construtiva. O mais importante é considerar sempre que tais alterações requerem uma avaliação em etapas de complexidade crescente envolvendo, antes de mais nada uma consulta oftalmologica feita por um medico especialista que vai tratar ou eliminar outros fatores que podem afetar a visão como problemas refracionais ( miopia, astigmatismo, etc), estrabismicos, doenças oculares, etc ANTES de serem considerados deficits neurosensoriais. Os demais testes envolvem outros niveis de informação colhidos por uma equipe multidisciplinar dotada de competencias específicas para este tipo de atendimento. Vejo com preocupação tentativas de banalização de um recurso optico que deveria ser prescrito com responsabilidade e conhecimento cientifico - relatos como o do "anonimo" acima colocam em risco uma metodologia séria ( lentes com filtros) que tem sido usada pela oftalmologia há muitos anos com muito sucesso. Aliás, é inclusive vedado a prescrição de lentes e filtros por profissionais não medicos. Em praticamente todas as áreas e mais ainda em áreas de alta tecnologia, existe uma relação entre custo, qualidade e segurança. Não há milagres: as Lentes Zeiss por exemplo, são referencia universal em qualidade optica. O Instituto Irlen tem igualmente grande esmero na fabricação dos filtros - pedir a um atendente de loja e se dispor a "usar uma lente igualzinha" feita a um custo muito menor é uma irresponsabilidade que raramente seria vista não fosse este um país onde a Lei do Gerson ainda funciona em certos segmentos. Infelizmente, por isto, muitas empresas sérias hesitam em se instalar por aqui. Saúde é coisa seria e qualidade também

    ResponderExcluir
  4. O comentário acima é da Dra. Marcia Guimaraes, oftalmologista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dra. Márcia!
      Fico satisfeita em ver que a Sra., como profissional especialista no assunto, deu um parecer, aqui neste espaço de discussões!

      Assim sendo, é uma referência "de peso", para ajudar os demais internautas em suas decisões!

      Um grande abraço, e volte sempre!

      Excluir
  5. comentário do anônimo sem validade...
    Fosse fácil a aquisição a Dr. Márcia Guimarães seria a primeira a divulgar tal situação.
    Quem comentou usou certo deboche e como disse a Dr., o tratamento vai além do uso dos filtros e da repercussão que os mesmos podem causar para nosso organismo, temos que ser cautelosos nesse ponto.
    Ótimo comentário Débora...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu tinha dito antes, Rafael... cada organismo funciona de um jeito! ;-)

      Se os óculos tingidos na óptica deram certo para o internauta anônimo,ok.

      No entanto, a esmagadora parcela das pessoas que possui problemas como a Síndrome de Irlen necessita de óculos feitos "sob medida" para cada uma delas!

      Seria situação análoga à das pessoas que necessitam de óculos para leitura, com grau para perto. Enquanto várias vão na loja e compram prontos (testando um por um até ver qual deles dá certo, e ok), outras vão ao médico e fazem todos os exames, até encontrar o grau exatamente sob medida para elas com a ajuda de oftalmologista capacitado para tal. ;-) Para uns pode dar certo, mas para outros não... e pode até fazer com que a pessoa passe mal com os óculos inadequados! :-/

      Grande abraço... e volte sempre! :-)

      Excluir
  6. Não seria possível adquirir a lâmina e colocá-la em uma armação de óculos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? :)

      Muito interessante sua pergunta! :-D Bom, vamos lá:

      As tecnologias empregadas nos óculos e nas lâminas são diferentes! Através de mecanismos distintos, os óculos e as lâminas trazem mais conforto para o paciente com Síndrome de Irlen.

      No caso dos óculos, eles possuem lentes filtrantes, que tiram certas "frações" da luz do ambiente que seriam justamente as que incomodam o paciente. (Importante lembrar que a luz branca é, na verdade, uma mistura de ondas luminosas, com frequências diferentes. Para o paciente com Irlen, algumas dessas frequências os incomodam, causando os sintomas característicos.) Tanto é que a pessoa com Irlen, quando coloca os óculos com filtros, ela vai enxergar transparente através deles, da mesma forma que uma pessoa com óculos de grau transparentes comuns enxerga, (e não com a cor colorida de suas lentes). Curioso, não é? :) Por isso que óculos escuros ou coloridos comuns não resolvem o problema, mas sim apenas os óculos filtrantes indicados para correção deste distúrbio de visão!

      Já as lâminas aliviam o desconforto visual por OUTRO mecanismo: alterando a cor de fundo de um papel branco impresso. O papel branco traz incômodo para um paciente de Irlen ler, pois reflete a luz branca, trazendo ofuscamento dos caracteres a serem lidos. Assim, a lâmina colorida irá interferir na reflexão da luz (e não na filtragem desta, como nos óculos...) Assim, faz com que a superfície a ser lida tenha uma cor de fundo mais agradável e confortável ao paciente.

      É por isso, então, que NÃO é possível colocar a lâmina nos óculos para ler! Inclusive, por incrível que pareça, tem paciente que tem lâmina de uma cor e óculos de outra!!! Pode até coincidir de ser a mesma cor, mas muitas vezes não é a mesma... Curioso, né? :)

      Espero ter esclarecido sua dúvida... Grande abraço, e continue acompanhando o Blog! =)

      Excluir
  7. Boa tarde meu nome Davidson Murta

    onde consigo comprar as lâminas ou o óculos para minha filha

    ResponderExcluir