Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

domingo, 25 de janeiro de 2015

Artigo BEM EXPLICATIVO sobre Síndrome de Irlen!

Por: Débora Rossini

Oooooopa! Navegando na internet, encontrei um artigo bem didático, interessante e explicativo acerca da Síndrome de Irlen - um distúrbio oftalmológico pouco conhecido, mas do qual já falei bastante aqui no ''Sopa'' e também na minha fanpage

O artigo foi escrito pela Dra. Márcia Guimarães, oftalmologista especialista em Síndrome de Irlen no Brasil. Segue-se o link. Vale a pena salvá-lo e também mostrar para pais, professores, oftalmologistas e profissionais da área de Saúde e Educação em geral. Segue-se o link: http://dislexiadeleitura.com.br/downloads/artigo.dra.marcia.revista.sindrome.pdf

Boa leitura!!! :-)

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Dica IMPORTANTE de acessibilidade - destinada a organizadores de eventos!!!

Por: Débora Rossini

Oooopa! O post de hoje é para abordar a questão da (in)acessibilidade em eventos. Já escrevi resumidamente sobre isso lá no Facebook, e vi que o post publicado por lá popularizou-se bastante, tendo um significativo número de curtidas e compartilhamentos. Porém, como todos sabem, postagens na referida rede social acabam ficando difíceis de visualizar, com o passar do tempo (já que postagens mais recentes vão, pouco a pouco, ''empurrando'' as mais antigas para um local mais ''escondido'' na página). E como acho extremamente importante o conteúdo abordado, resolvi escrever sobre ele aqui também - uma vez que em um blog é mais fácil de localizar um texto, devido ao tipo de ferramenta de busca! 

Pois bem: as pessoas com deficiência, frequentemente, querem (ou até PRECISAM, de acordo com a circunstância!!) participar de eventos acadêmicos, profissionais, culturais... ou até mesmo de entretenimento, para relaxar a ''cuca''! No entanto, parece que boa parte dos produtores de eventos se ''esquecem'' de que pode haver algum participante com deficiência que queira se inscrever... e o evento fica com aquela ''cara'' de que foi projetado para pessoas sem necessidades especiais. (Tá, eu sei que existem eventos que preocupam-se com questões de acessibilidade para quem porventura queira participar - mas, a meu ver, acho que no geral tal postura não é tão frequente, infelizmente...) 

Imagine que você, por exemplo, é alguém com algum tipo de deficiência/necessidade especial e faz faculdade. Aí aparece um anúncio bem atrativo, de um evento acadêmico, que será realizado... em OUTRO departamento institucional ou mesmo em OUTRA instituição, na qual NINGUÉM TE CONHECE. E aí? Você, que já tá cansaaaado de ter de batalhar por acessibilidade no seu dia-a-dia (e muitas vezes, sozinho!) ainda tem de ter o trabalhããão de ter de ficar entrando em contato com a equipe organizadora quantas vezes forem necessárias... telefonando, mandando e-mail, agendando reunião, para explicar quais são suas necessidades especiais, e como o evento pode fornecer acomodações para que você desfrute melhor dele?? 
Para uma pessoa SEM deficiência, é só ir lá, preencher o formulário de inscrição, pagar uma taxa, preparar-se para deslocar até o local de realização,  e pronto. 
E para uma pessoa COM deficiência? Além destes procedimentos que uma pessoa sem deficiência precisa fazer, ainda tem a burocracia ADICIONAL  de batalhar para garantir a sua acessibilidade - e, ainda assim, ficar na dúvida e expectativa se realmente ela vai ser totalmente atendida!!! Chato, né?  

Pensando desta forma, escrevi no facebook do ''Sopa'' um status que mostra publicamente o que as pessoas com deficiência gostariam imensamente, do ponto de vista delas, que os organizadores de eventos soubessem - com dicas para ''facilitar a vida'' delas nessas horas! ;-) Segue-se a reprodução do texto: 

''DICA DE ACESSIBILIDADE - DESTINADA A ORGANIZADORES DE EVENTOS:

Sempre que forem montar um site com formulário eletrônico para inscrição em eventos (seja lá de que natureza for... seja acadêmica, cultural ou de entretenimento), minha sugestão é a seguinte:
Na hora de criarem os campos a serem preenchidos (tais como Nome: ..... , Telefone: ......, Palestras/Minicursos/oficinas de Interesse: ...... , e similares), seria IMPORTANTÍSSIMO se vocês incluíssem nos formulários online de inscrições o seguinte campo a ser preenchido: ''POSSUI ALGUM TIPO DE NECESSIDADE ESPECIAL? EM CASO POSITIVO,FAVOR ESPECIFICAR O TIPO DE DEFICIÊNCIA E QUAIS ADAPTAÇÕES NECESSITA PARA PARTICIPAR DESTE EVENTO''.

Simples, não é? Percebo, entretanto, que isto NÃO acontece quando deparamos com um formulário eletrônico de inscrição de eventos, sobretudo os de natureza acadêmica!!! Se isso ocorresse, iria ser UMA MÃO NA RODA para que os organizadores do evento soubessem que existem, SIM, pessoas com algum tipo de deficiência que se interessam em participar do evento em questão. E facilitaria bastante na hora de a comissão organizadora tomar as providências para garantir a acessibilidade desta pessoa de acordo com as necessidades que ela apresentar. Principalmente quando se trata de eventos em lugares

e com pessoas desconhecidas para a pessoa com deficiência em questão!!!

Além disso, tal medida evitaria constrangimentos para a pessoa com deficiência - pois não é todo mundo com necessidades especiais que é mais comunicativo; tem gente que possui dificuldade em tomar a iniciativa de ficar telefonando, mandando e-mail, agendando reunião com equipe organizadora de eventos, para conseguir o mínimo de acessibilidade. Tem gente que também não lida psicologicamente muito bem com a questão de ficar explicando, explicando, explicando, sobre sua deficiência pros outros.

E tem gente que, simplesmente, tem deficiência, mas não tem tempo de ''correr atrás de acessibilidade pra ela'' em um evento, porque, já cansada, já tem de correr atrás de vááárias outras questões de acessibilidade pra ela, no seu dia-a-dia... e muitas vezes, sozinha! 

A questão das Leis de Acessibilidade está aí, a pleno vapor... e Acessibilidade em Eventos é um assunto que está sendo muito discutido na atualidade!!!

Fica, então, a sugestão para os organizadores de eventos!!! ‪#‎ProntoFalei‬  ''

E você, leitor? Já passou por algum ''perrengue'' em relação a conseguir a acessibilidade 
necessária em eventos? Ou já deixou de participar de algum, simplesmente porque viu que iria causar um enorme gasto de tempo e de ''energia emocional'' para conseguir as 
adaptações necessárias à sua participação satisfatória? Como você ''contorna'' alguma falha inesperada de acessibilidade? 
COMENTE NO ESPAÇO ABAIXO!!! :-)