Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Multiplano: você conhece?

O nome é bastante sugestivo, não? O que será isso? Será algum brinquedo novo? Será algum joguinho que inventaram? Será mais um "game" de computador para entreter crianças, jovens e adultos?
Bom, se você, caro leitor, acha que a Matemática é um grande jogo divertido, que estimula o raciocínio e novas formas de pensar e de raciocinar abstratamente, tá valendo, hahahaha!!! :-)
Vamos explicar, então, o que é essa grande invenção, feita por um professor paranaense!


Estudante deficiente visual usando o Multiplano. Ele decidiu cursar Ciência da Computação, que é um curso que possui diversas disciplinas de Matemática Superior no currículo. (Foto retirada de [1] ).


 O Multiplano é uma ferramenta pedagógica, desenvolvida pelo professor Rubens Ferronato, da cidade de Cascavel (PR), com a finalidade de auxiliar o ensino de Matemática para deficientes visuais. Ora, se eles, por razões óbvias, não conseguem ver os desenhos e gráficos do livro de Matemática, tem de ter algo que contorne esse obstáculo, não é mesmo? O Multiplano possibilita que o estudante cego ou com baixa visão entenda gráficos, equações,funções,trigonometria e geometria.

O Multiplano é uma placa perfurada, no qual são colocadas estruturas móveis, tais como pinos e elásticos, que formam as figuras desejadas. O estudante com deficiência visual vai perceber as figuras pelo toque, "vendo", assim, as figuras utilizando o sentido do tato.

"A dificuldade em conseguir ensinar conteúdos da disciplina de Cálculo Diferencial para um aluno deficiente visual numa sala do curso de Ciência da Computação, da União Pan-Americana de Ensino (Unipan) levou Ferronato a prometer que iria trazer um novo material para que pudesse explicar melhor. “Os métodos convencionais não surtiam efeito diante das complicações gráficas propostas pela disciplina”, lembra. O primeiro multiplano produzido na época para o aluno Ivã José de Pádua, hoje com 29 anos, era feito de uma placa de eucatex, elásticos e rebites que permitiam montar um plano cartesiano. Assim, o estudante começou a entender como funcionavam os eixos “X” e “Y”.Além disso, trouxe a possibilidade de Ivã produzir seus próprios gráficos. “Não existiam materiais como aquele. Os outros tinham de montar os gráficos junto com a pessoa cega, com cola plástica, por exemplo”, lembra o ex-aluno. " [2]

Quer algo mais sobre o assunto?
Site do Multiplano
Multiplano, um avanço na Matemática
Vídeo sobre Multiplano
Outro vídeo sobre Multiplano

2 comentários:

  1. Muuuuito interessante!!
    Bom saber que existem pessoas que se preocupam em melhorar a acessibilidade, para que pessoas com deficiencia possam ter as mesmas oportunidades que todos.
    Parabéns a todos da equipe!!

    Nós, da Matemática, esperamos vocês no Publicimática! www.publicimatica.blogspot.com

    Ana Caroline
    Turma 15A

    ResponderExcluir
  2. nossa muito interessante esse post, eu não tinha conhecimento sobre esse assunto, e fiquei muito feliz em saber que tem toda essa disponibilidade para um deficiente visual, que ainda vai melhorar mais. parabéns
    espero vocês no Sistemáticos
    http://sistemasdeinformacao.tumblr.com/
    Raaby
    turma 14A

    ResponderExcluir