Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Que cão-guia que nada! Com vocês, a "ORCA-GUIA"!!!

Ooooooopaaaa!!! Aposto que você, leitor do "Sopa" - principalmente se for deficiente visual- ficou "grilado" com o título, e deve estar pensando: "uê, que negócio é esse? Será um novo tipo de guia, para cegos que gostam de atividades aquáticas?

Descrição da imagem: uma orca (animal marinho). Crédito: alaskanart.net


Huahuahua!!!! NADA DISSO, CARO LEITOR! :-D Os cães-guias desempenham seu papel no ambiente terrestre e até agora não temos notícias de guias do reino animal para cegos no ambiente aquático... hehehe! No entanto, estamos querendo dizer que existe, digamos, uma espécie de "guia de cegos" para o ambiente virtual - e esses "guias" são os softwares leitores de tela, que vão "guiar" o usuário por todo o ambiente virtual. Um dos leitores de tela bastante utilizados para Linux chama-se "Orca"! Manjou o trocadilho, leitor? O programinha de computador para Linux, que lê para o usuário cego o que está na tela da máquina, tem o mesmo nome daquele animal a que referimos acima, rerrerré!!!

E agora vamos falar do Linux Acessível- o Linux totalmente voltado para deficientes visuais!!!
No site Linux acessível. org (http://www.linuxacessivel.org/), você vai saber tudinho sobre o Linux Acessível. Para atiçar mais ainda a curiosidade daqueles que gostam de Linux, vamos falar um pouco sobre ele (antes de você mudar de página na web e deixar os "Sopeiros" pra escanteio, rarrarrá):

O Linux Acessível é uma versão do distro Linux Ubuntu. Seu público-alvo são pessoas com deficiência visual que falam português e espanhol. Com essa versão do referido distro Linux, as pessoas que possuem deficiência visual podem, segundo os desenvolvedores, utilizar o Ubuntu "desde o momento de inicialização do sistema, durante a instalação e,principalmente, depois de instalado". (Fonte: [1] ) Oras, antes, o negócio era o seguinte: para uma pessoa com deficiência visual utilizar as versões anteriores do Ubuntu, era assim: tinha de pedir a alguém normovisual para inicializar e instalar o sistema. Depois de instalado, ativava-se o leitor de telas Orca e , só aí, dava para o cidadão usar o computador... agora a coisa tá mais fácil! O cego pode fazer tudo sozinho!!! "Que legal, mais independência para a galera que não enxerga!", certamente você está pensando... e é isso mesmo: você tem razão!!! :-) O leitor de telas vai estar ativado desde o login!!! E tem um monte de recursos de acessibilidade e usabilidade: teclas de atalho definidas para diversas funcionalidades do sistema, temas desenvolvidos especificamente para pessoas com visão reduzida, ampliador de telas para a janela de login... e muito mais! Entre lá no site do Linux Acessível e confira!!!!!

Descrição da imagem: Tux, o pinguim mascote do Linux. Crédito: isolivre.wordpress.com


Ah, e não é só isso não. Para aqueles que gostam do Sistema Dosvox, mas não abrem mão do Linux, tem o Linvox - que é uma versão do Dosvox para Linux. Foi feito com base no Kurumin 6.0. Confira aí:
http://www.dcc.ufrj.br/~gabriel/linvox.php

e veja esse link também:
http://equipe.nce.ufrj.br/gabriel/linvox/historico.htm

E se você tem orkut: veja um fórum bem legal sobre Linvox, com dicas dadas por pessoas que conhecem o sistema. Dê uma espiada lá!!! Lá vai o link,ó:
http://www.orkut.com.br/CommMsgs?cmm=540147&tid=2546064275290942530

Divirta-se!!! Ah, e se você gosta de Linux, e manja sobre os leitores de tela para esse sistema, use o espaço para comentários neste blog- e aproveite para dar seus "pitacos"! Rerrerré! :-D

3 comentários:

  1. Caros amigos Sopeiros...

    Realmente o título desse post ficou ótimo, alias não só o título como o post em si.

    Muito legal por parte de vocês divulgarem leitores de tela alternativos e gratuitos como o Orca.

    Como deficiente visual e usuário do Ubuntu fico grato de ver eles se popularizando.

    Sugiro a vocês e aos caros leitores darem uma "olhadinha" no projeto pendrive f123.org www.f123.org

    Esse projeto visa levar em um pendrive um sistema operacional totalmente acessível ao deficiente visual.

    Valeu

    ResponderExcluir
  2. Conheço o ORCA desde 2007, quando comecei a trabalhar com um amigo deficiente visual, participávamos de um projeto para inclusão digital de deficientes visuais.
    Tal projeto deu origem a minha monografia, onde meu amigo utilizou vários softwares para deficiente visual visando testar a usabilidade de cada software. O ORCA foi o principal software utilizado, principalmente por seu livre e gratuito, e na monografia foram propostas várias melhorias.
    É muito bom ver o patamar que o software alcançou...
    Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lívia, tudo bem?

      Legal o seu trabalho com Tecnologias Assistivas!!! :-) Percebe-se , inclusive, que, na área de Informática aqui no Brasil, há relativamente poucos profissionais que têm familiaridade com o tema (sobretudo tecnologias assistivas para deficientes visuais),se formos considerar o elevado número de egressos dos cursos de graduação em Ciência da Computação, Sistemas de Informação e afins. Percebe-se que essa área das TA's tem bastante campo para trabalho e alta demanda - mas há quantidade escassa de profissionais que conhecem isso de perto... :-( Muito legal a escolha de seu tema de monografia - que inclusive pode motivar outros estudantes da área de computação a irem por esse caminho!!! :-) Show de bola!!!! :-)

      Além do Orca - mencionado no post acima- tem um outro software leitor de tela gratuito, o NVDA. Este último "roda" em Windows... e não sei se ele roda em Linux por meio de emuladores. Ele também é muito bom! - e é fácil de aprender a usar, principalmente para quem já conhece e usou o JAWS...! :-)

      Abraços!!!
      Débora Rossini.

      Excluir