Imagem

Imagem
(Crédito da foto: www.santoscity.com.br)

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

OLHA essa!!! Programa "OLHAR BRASIL", do Governo Federal!

Por: Débora Rossini

Em um dia desses, recebi um e-mail do Paulo Vanderlei. Se você é um leitor mais antigo do "Sopa": você lembra dele? Vou ajudar a refrescar sua memória: na fase inicial deste blog (quando ele era ainda um trabalho acadêmico em grupo) o cara fazia parte da então equipe de produção! ;-)

Atualmente o Paulo atua como um dos colaboradores eventuais deste blog.
Ele é um cara que está sempre antenado com notícias e atualidades - e sempre que acha algo interessante, ele comenta! Como eu ia dizendo no início deste post, recebi um e-mail do Paulo, no qual ele comentou a respeito do programa Olhar Brasil, do Governo Federal - sobre o qual tinha ouvido falar através do rádio... E passou-me a sugestão de dar uma olhada mais a fundo nesse assunto e colocar algo sobre o tema aqui no "Sopa". Pois bem, sugestão aceita, rerrerré!!! Valeu pela dica, Paulão! :-)

O programa Olhar Brasil, segundo o site oficial, foi "instituído em 2007 numa parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação (MEC)". Ele "propõe-se a atuar na identificação e na correção de problemas de visão dos educandos de escolas vinculadas ao Programa Saúde na Escola (PSE) e dos alfabetizandos cadastrados no Programa Brasil Alfabetizado (PBA), gerido pelo Ministério da Educação. Dessa forma, busca-se contribuir para a redução da evasão escolar e da dificuldade de aprendizagem, bem como por grandes limitações na qualidade de vida causadas pelas doenças que afetam a visão."

Legal, não é? Afinal, a falta de correção visual adequada pode gerar inúmeros problemas na vida escolar de um estudante, gerando repetência e evasão escolar... além de ser impactante negativamente na auto-estima de alguém com problemas de vista, ainda pode fazer com que essa pessoa deixe de desenvolver seus talentos através da educação formal - o que pode levar, no futuro, o indivíduo a ficar sem perspectivas de um bom emprego e podendo até cair na marginalidade. :-(

As instituições vinculadas ao Programa Olhar Brasil são:
"Secretarias Estaduais de Saúde/SES e Secretarias Municipais de Saúde/SMS - Secretarias Estaduais de Educação/SEE e Secretarias Municipais de Educação/SME", de acordo com o site oficial.

A novidade, veiculada pelos meios de comunicação há alguns dias atrás, é a ampliação do atendimento aos estudantes de instituições públicas, por meio do referido programa governamental. De acordo com o site de notícias Imirante.com , uma das novidades será "a contratação de estabelecimentos de saúde privados e públicos para atender a mais de quatro milhões de consultas e exames oftalmológicos." Assim sendo, será formado um cadastro nacional de estabelecimentos de Saúde, tanto públicos quanto particulares; com esse credenciamento, pretende-se aumentar o número de atendimentos, já que aumentará a quantidade de locais de tratamento - e, assim, diminuindo o tempo de espera por uma consulta. Ainda de acordo com o site, "A grande mudança no projeto Olhar Brasil é a ampliação da oferta de consultas especializadas e exames de diagnóstico, sobretudo pelas clínicas privadas”, afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha."

Outra novidade do projeto Olhar Brasil consiste em, "além de oferecer tratamento oftalmológico integral, o reajuste de valores dos procedimentos na tabela do SUS, e a identificação de problemas de visão de estudantes de escolas públicas."

"Tá, mas e quanto às verbas repassadas aos estados e municípios, para que isto seja realizado com sucesso?" - você, leitor, deve estar se questionando.

Bom, a ideia do governo é repassar aos estados e municípios recursos adicionais, para que ele possa realizar todas as etapas propostas pelo projeto (não vou colocar todos os detalhes aqui para o post não ficar tão grande... mas dá uma olhada lá no Portal da Saúde, que lá você achará um monte de informações!). O atendimento oftalmológico, por sua vez, consistirá no diagnóstico e tratamento de doenças oculares - inclusive fornecimento de óculos (se necessário). Quanto aos procedimentos envolvidos no diagnóstico e tratamento, estão incluídos mais ou menos uns 20... mas só para matar a curiosidade do leitor aqui, vou dar uns exemplos que achei na internet:
"biometria ultrassônica, mapeamento da retina com gráfico e retinografia colorida." Legal, né? :-)

Para maiores informações, o e-mail de contato fornecido pelo Ministério da Saúde é  olharbrasil@saude.gov.br .


GOSTOU DO CONTEÚDO DESTE POST? COMENTE ABAIXO!!! :-) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário